Tuesday, February 27, 2007

A Criança com hidrocefalia


O termo hidrocefalia vem do Grego e significa "água na cabeça". Na realidade a água é o líquido cefalorraquidiano (LCR), um líquido claro que é constantemente produzido nas cavidades, ou ventrículos, no interior do cérebro.
O LCR tem como objectivo proteger os elementos do sistema nervoso (cérebro e espinal medula), actuando como amortizador contra golpes e transportando as substâncias necessárias ao seu funcionamento. Ele passa de um ventrículo para o seguinte (quatro no total) através de canais estreitos, circulando depois na superfície do cérebro uma pequena parte desce pela espinal-medula e é absorvido no sistema sanguíneo. O que faz com que o LCR deslize para ao espinal medula, são umas veias especializadas dentro do crânio, as quais têm uma superfície semelhante a uma peneira, que nas crianças com hidrocefalia não existe, daí a acumulação de líquido que provoca esta grave patologia neurológica. Apesar de muito mais lentamente que a circulação do sangue, o LCR, à semelhança deste, está em constante produção, circulação e reabsorção.
Para além de terem a cabeça um pouco maior que o normal, podem ainda ocorrer nas crianças hidrocéfalas problemas físicos como problemas de visão e puberdade precoce. É muito provável que surjam dificulda-des de aprendizagem associadas à hidrocefalia tais como problemas de concentração, raciocínio e de memó-ria a curto prazo. A hidrocefalia pode ainda causar problemas mais graves como problemas de coordenação e também ao nível da capacidade de motivação e organização. Muitos destes efeitos podem ser compensados através de estratégias de ensino ou tratamento adequado.

8 Comments:

At 5:52 AM, Anonymous htttp://diferenteseexcepcionais.blog.sapo.pt said...

Parabéns pelo Post, é a 1ª vez que vejo esta problemática tratada. Trabalhei com um aluno com Hidrocefalia e deficiência mental e foi formidável, apesar dos imensos cuidados a ter no seu dia-a-dia.


Deixo aqui o meu fórum de Educação Especial , caso queira participar. Terei muito gosto em que participe e troque experiências connosco.

Bjs

http://educar.editboard.com

 
At 4:18 PM, Anonymous Anonymous said...

Parabéns pela atenção dispensada a esse tema,pois moro em santarém no Pará,em que tem muitas crianças com hidrocefalia e portadoras de DVP,contudo a maioria das crianças são de famílias pobres,moram no interior ou são ribeirinhas de difícil acesso a cidade.Em Santarém é oferecido o tratamento clínico e cirurgico por um ótimo neurocirurgião porém,o serviço dele não tem como ser completo pela falta de estrutura e recursos que de uma atenção especial ao desenvolvimento psicomotor e orientação aos responsáveis,por estes motivos e sendo enfermeira,tive a oportunidade de participar de várias cirurgias para colocação da válvula e acompanhar o controle de +ou- 50 crianças,penso que posso fazer algo mais tanto para as crianças como pr suas famílias,penso nesse assunto todos os dias,porém preciso de mais informações quanto ao prognóstico,orientações se você poder me auxiliar eu agradeceria no mais espero retorno.

 
At 7:47 AM, Anonymous Hermes Prado Jr, M.D. said...

Sandra,
Bom dia!
Meu nome é Hermes Prado. Sou médico no Brasil e trabalho com crianças com hidrocefalia desenvolvendo uma atividade fascinante que é o uso da arte no esclarecimento das doenças. Convido você para conhecer a página de hidrocefalia e mielomeningocele onde ensino de forma bastante interessante (com arte em forma de desenho animado) estes temas relativos ao sistema nervoso central.
Um forte abraço,
Hermes Prado Jr
www.artesmedicas.com/hidrocefalia.htm

 
At 6:07 PM, Anonymous Dr, Hermes Prado Jr said...

Fico entrsitecido pela ausência de retorno às mensagens que posto com tanta dedicação e expectativa. Reitero oconvite para que visite a página que desenvolvo com artes onde trato de assuntos como hidrocefalia e dificuldades de parendizado em crianças portadoras desta patologia neurológica.
Dr. Hermes Prado Jr
www.artesmedicas.com
www.hidrocefalia.com.br

 
At 2:28 PM, Blogger Rosilene Antunes said...

gostei muito da explicação.. pois tenho um filho com hidrocefalia... o sofrimento é muito grande tanto pra criança quanto pra quem cuida....

 
At 3:31 AM, Anonymous casadosprofessoresespeciais.blogspot.com said...

Por motivos pessoais e profissionais este blogue não esteve todos estes anos operacional, peco desculpa pela ausência de respostas aos vossos comentários. Foi criado no âmbito da minha especialização em educação especial. Verifiquei estes dias a espantosa adesão que obteve, fiquei surpreendida. Muita informacao que aqui disponibilizo nao e da minha autoria, são pesquisas que efectuei e conteúdos das aulas do curso. O meu email para quem me quiser contatar e sandraneiva78@hotmail.com
Saudações "especiais" para todos

 
At 11:40 PM, Blogger Quel said...

Dr, tenho um aluno com essa patologia. O sr poderia entrar em contato comigo? Agradeço!
raqueltavano@hotmail.com
Desde já agradeço!

 
At 11:44 PM, Blogger Quel said...

Dr, tenho um aluno com essa patologia. O sr poderia entrar em contato comigo? Agradeço!
raqueltavano@hotmail.com
Desde já agradeço!

 

Post a Comment

<< Home