Wednesday, October 25, 2006

Método Global


Como trabalhar com o método das 28 palavras?

Como reacção ao método analítico sintético apareceu o método das 28 palavras. Por este método são contextualizadas progressivamente 28 palavras, que vão sendo globalizadas, lidas e escritas pelos alunos, começando muito cedo a analisar cada palavra, mas só até à sílaba. O professor acaba por escrever a palavra numa tira de papel com cerca de 3 a 4 cm de largura e de comprimento suficiente, e através duma leitura lenta e sincopada determinar onde acaba cada sílaba. À frente dos alunos corta-se a tira de papel de modo que todas as sílabas fiquem separadas. Então, os alunos, com esses pedaços de papel/sílabas, reordenam/sintetizam novamente a palavra original.
Acabado o trabalho nessa palavra, o professor guarda todas essas sílabas num expositor da sala, começando a constituir um silabário. Por cada uma das 28 palavras deverá sempre ter este procedimento, não esquecendo que logo de início (1ª palavra) começa também a constituir novas palavras, além das 28, constituídas com as sílabas já armazenadas no momento da análise das palavras antecedentes. Simultaneamente, deverá propor ao aluno que “cace” as suas (descobrir novas palavras com as sílabas já existentes no silabário), ao mesmo tempo vão escrevendo as palavrinhas e construindo novas frases.
A utilização deste método tem múltiplas vantagens, passamos a destacar algumas:
Atender à predisposição natural da criança em reter o global;
Desenvolver o espírito criativo e a oralidade;
Favorecer o espírito de observação;
Desenvolver a percepção visual e auditiva;
Desenvolve a sociabilização (através de jogos) e a imaginação no encaminhamento para a descoberta;
Proporciona um enriquecimento fácil e precoce de vocabulário;
Estimula o raciocínio e o uso da memória;
A criança habitua-se à sistematização dos conhecimentos adquiridos levando-a a redigir sem erros e com mais fluência.
Existe actualmente no mercado o manual Palavra a Palavra da Porto Editora que, a meu ver, desenvolve este método de uma forma bastante completa.

12 Comments:

At 1:10 PM, Anonymous Anonymous said...

Sou professora de ensino especial e estou a utilizar este método com uma criança com muitas dificuldades de aprendizagem pois a idade cronológica não corresponde à mental e está a resultar, para além da palavra recorro às imagens.

 
At 5:35 PM, Blogger Grilinha said...

Não estando ligada a nenhuma actividade de ensino especial,(a não ser mãe de um menino com PC que recebe terapia cognitiva tb) gosto muito de espreitar estas informações. Saber não ocupa lugar e acho que é muito interessante partilhares o que sabes connosco. Um beijo

 
At 4:21 PM, Blogger beetlejuice said...

sou professora de educação musical e de primeiro ciclo...gostava muito de aprofundar os meus conhecimentos sobre este método...sera que me pode indicar onde posso fazer mais formação no metodo global?
obrigada

 
At 2:29 PM, Anonymous Anonymous said...

Sou professora do 1ºciclo.Tenho um aluno que não consegue identificar nenhuma letra, pelo que para além de copiar não sabe o que está a fazer. Este ano resolvi implementar o Método das 28 Palavras com ele e continuando sem conhecer as letras já escreve e identifica uma quantidade razoável de palavras para além das iniciais.Ainda não consegue escrever ou ler frases, mas está muito mais feliz e eu também.

 
At 12:35 PM, Anonymous Anonymous said...

Sou professora do 1.ºciclo e, este ano lectivo, fui,forçosamente, colocada num Núcleo de Apoio Educativo.Está a ser uma experiência muito enriquecedora, mas ao mesmo tempo preocupante.Tenho um aluno que não consegue reter o som das letras e associá-lo ao grafema.No primeiro período estivemos a trabalhar o p e o t,mas confunde as duas!
Uma colega sugeriu-me este método, mas nunca trabalhei com ele.Acha que seria de arriscar?
Parabéns pelo espaço que criou!

 
At 6:47 AM, Anonymous Anonymous said...

ola boa tarde.Sou terapeuta da fala, e vou agora fazer uma monografia para concluir a licenciatura cujo titulo é "método global de leitura". Vi o seu blog, desde já os meus parabéns e decidi (dfesculpe a invasão) pedir se será possivel ceder me algum material sobre o tema acima citado.
Estarei disponivel também em tudo o que precisar..~
Desculpe mais uma vez mas a situação em que estou a tal me "obrigou"

Sara Monteiro
Saramonteiro805@hotmail.com

 
At 7:14 AM, Anonymous Anonymous said...

Oi! Sou prof de 1º ciclo, e quando andava a estudar e tive a cadeira relacionada com os metodo utilizados, sempre gostei mais do 28 palavras que me despertou a curiosidade em saber mais, no entanto informações diponiveis eram muito escassas...No ultimo ano do curso em estagio, a prof cooperante leccionava este método e vi as crianças a lerem tão bem..sem ser aquele p+a - pa..e por ai fora que tão bem conhecemos, na escrita também funcionava maravilhosamente e como trabalhei com o metodo no estagio e conseguir ter um feedback da outra colega..fiquei rendida.
Neste momento estou a tentar ensinar a ler, escrever e falar uma menina inglesa que veio para portugal viver e apóes de alguns meses a ensinar alguns conceitos importantes comecei a trabalhar com ela o metodo das 28 palavras, ela está muito mais motivada, escreve e lê sem problemas e a nivel de fala está muito melhor! Quem goste de trabalhar, porque dá mais trabalho que o método sintético, mas os resultados superam e fazem sentirmo-nos realizados com os resultados. Parabéns pelo espaço

 
At 10:25 AM, Anonymous Anonymous said...

Olá!Sou professora de ensino especial,trabalho com um aluno que escreve e copia sem erros no entanto não consegue ler aquilo que escreve e copia.Começei a usar o método das 28 palavras e está a dar algum resultado,mas gostaria de saber mais sobre este método.
Obrigada

 
At 5:34 PM, Anonymous Anonymous said...

Sou professora, também do 1º ciclo. Gostaria de saber quais são estas 28 palavras que vcs utilizam para alfabetizar os alunos. O brigada Andrea

 
At 4:51 AM, Anonymous Anonymous said...

Novo livro: programa de intervenção e reeducação em dislexia e disortografia em dois volumes. caso queiram ter mais informações visitem o site www.hfbooks.pt um dos volumes tem material manipulável o primeiro em Portugal. Fica aqui a informação!

 
At 1:13 PM, Anonymous Anonymous said...

Parabéns por aderir a esta metodologia!
Aqui no Brasil quase não se usa-o. Na escola em que trabalho ele é empregado e vejo que o interesse das crianças é diferente daquelas que são alfabetizadas por outros métodos.

p.s. marianasn@msn.com

 
At 3:51 AM, Blogger MFC said...

Bom dia, sou mãe de um menino com necessidades educativas especiais, estive a falar com a professora destacada na escola para o ensino especial que me disse, que ira tabalhar este método com ele. Como não sei bem no que consiste gostaria de obeter ajuda para poder trabalhar com ele em casa e assim reforçar as aprendizagens da escola.
carvmf@gmail.com

 

Post a Comment

<< Home