Wednesday, May 24, 2006

Ensino especial na sala de aula (para todos os professores)



Todas as adaptações de sala de aula devem ser feitas com a maior naturalidade possível e com o máximo de boa vontade e hospitalidade. Em nenhuma hipótese deverá a deficiência ser apontada de uma forma constrangedora ou enfatizada, nem sequer ser ignorada.
Algumas adaptações possíveis são as seguintes:

Para estudantes com impedimentos auditivos, o professor deverá:
- Sentar o aluno na frente da sala;
- Usar recursos visuais;
- Falar claramente;
- Se o estudante usa língua de sinais, aprender os sinais e estimular outros estudantes a aprendê-los também.

Para estudantes com distúrbios de comportamento, o professor deverá:
- Aplicar técnicas de modificação de comportamento;
- Designar responsabilidades especiais;
- Identificar os pontos fortes deles;
- Quando possível, ignorar comportamentos inadequados;
- Focalizar os pontos bons e elogiá-los;
- Formar grupos de aprendizagem cooperativos com instruções e metas bem claras.

Para estudantes com dificuldades de aprendizagem, o professor deverá:
- Permitir o uso de máquina de escrever ou um colega para tomar notas;
- Usar gravador de áudio;
- Dar exames orais;
- Oferecer adaptações que o estudante usa na escola: Caneta lumicolor para acompanhar leitura em livro, tarefas simplificadas, recursos visuais, etc.

Para estudantes com impedimentos visuais, o professor deverá:
- Sentar o aluno na frente da sala;
- Repetir conceitos para o estudante gravar e ouvir em casa;
- Usar a dramatização;
- Escrever no quadro negro em letras grandes;
- Se o estudante lê Braille, usar livros em Braille e estimular os outros a aprender o Braille.

Para estudantes com limitações motoras, o professor deverá:
- Fazer com que os colegas se revezem para ajudar;
- Usar materiais pré-cortados;
- Usar materiais que sejam fáceis de manusear;
- Fazer com que esses estudantes se sentem próximo a saídas de emergência sem ficarem isolados dos colegas;
- Oferecer papéis adaptados nas dramatizações;
- Providenciar salas e outros espaços que sejam acessíveis.

Para estudantes com deficiência mental, o professor deverá:
- Usar o sistema de companheiro;
- Formar grupos de aprendizagem cooperativa;
- Contar histórias para ensinar conceitos abstractos;
- Preparar versões simplificadas do material.

3 Comments:

At 10:03 AM, Anonymous rute said...

Mais umas dicas para professores e educadores mesmo para aqueles que não estão no ensino especial, como eu.

 
At 5:24 AM, Anonymous Anonymous said...

Estas estratégias vão ajudar e melhorar o comportamento que mantenho com os alunos. Obrigado pelos conselhos. Ivo

 
At 1:23 PM, Anonymous nuxa said...

Gostei das tuas ideias. São simples e fáceis de entender... o pior são as poucas condições que temos em sala de aula e o nº de alunos!!! O ensino especial precisa de mais atenção por parte do governo e agrupamentos!
obrigada.

 

Post a Comment

<< Home